Unigranrio/Lapa inaugura Núcleo Multidisciplinar de Atendimento à Mulher, com palestrantes de destaque no Rio

Unigranrio/Lapa inaugurou o Núcleo Multidisciplinar  de Atendimento à Mulher, na Rua da lapa, 86, sob responsabilidade do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), que faz parte do curso de Direito. A delegada Titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM-Centro), Ana Lúcia Costa Barros, deu palestra sobre a competência das Delegacias de Atendimento à Mulher, cabendo à delegada Titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Duque de Caxias, Fernanda Fernandes, o tema conceito de violência contra à mulher, onde abordou exemplos práticos, espécies de condutas violentas físicas e psíquicas. Cerca de 200 alunos, professores e convidados puderam conferir situações que ocorrem diariamente na cidade do Rio e no Grande Rio.

A cada 15 segundos uma mulher é agredida no Brasil, sendo que a cada uma hora e meia há uma vítima fatal dessa mesma violência

O recém-inaugurado Núcleo Multidisciplinar de Atendimento à Mulher, denominado NAM, foi criado com o objetivo de prestar atendimento jurídico integral e gratuito às mulheres em situação de violência. Segundo, Daniel Brantes Ferreira, coordenador-geral do curso de Direito da Unigranrio,  “o NAM atenderá a assistida que exerça papel social de mulher, seja biológica, transgênero, travesti ou transexual, inclusive aquela que mantenha relação homoafetiva.

O poder da delegada que luta contra a violência e preconceito no Estado do Rio

A doutora Ana Lúcia Costa Barros, que dissertou sobre a competência das Delegacias de Atendimento à Mulher, enfatizou o atendimento realizado nas delegacias e sobre números de crimes cometidos no Dossiê da Mulher de 2019, disponibilizado pelo Instituto de Segurança Pública (http://www.isp.rj.gov.br). Veja mais no vídeo gravado após sua palestra.

Coordenador-geral do curso de Direito da Unigranrio, Daniel Brantes, tem competência reconhecida no Estado do Rio de Janeiro

Daniel Brantes Ferreira, doutor em Direito Constitucional e Teoria do Estado pela PUC-Rio, e pós-doutor em Direito Processual pela UERJ, explica que “o atendimento do NAM será realizado em ambiente humanizado, proporcionando o acolhimento necessário à superação da situação de violência e o fortalecimento da mulher no resgate de sua cidadania”. Veja a seguir o depoimento de Daniel Brantes sobre o Núcleo. 

Desembargador do Tribunal do Rio de Janeiro, Paulo Rangel, relata sobre o racismo histórico no Brasil e injustiças com escravos no processo criminal do Brasil colonial

Desembargador do Tribunal do Rio de Janeiro, Paulo Rangel, abordou o tema “Processo Criminal dos réus negros e a atual morte de jovens afrodescendentes no Brasil”. Ele discorreu sobre fatos historicamente conhecidos, como injustiças cometidas com escravos no processo criminal do Brasil colonial, enfatizando o holocausto negro ocorrido no transporte realizado pelos navios negreiros, onde mais de oito milhões de negros foram capturados no continente africano, jovens entre sete e 22 anos, embora apenas dois milhões deles chegaram à costa brasileira vivos.

Paulo Rangel: “Respeito às diferenças e combate à intolerância religiosa e racial fazem parte de missa missão”

Paulo Rangel afirmou também que “o grande desafio de sua missão é saber respeitar as diferenças e que continuará a combater a intolerância religiosa e racial”. O desembargador conclui que “ética, comportamento moral e dignidade não se aprendem na escola, mas sim em casa”. Paulo é professor concursado da UERJ, tem livro publicados, além de artigos em revistas acadêmicas.

Veja os depoimentos de alunos do curso de Direito da Unigranrio, após o encerramento das palestras

Conheça os dois endereços do Núcleo Multidisciplinar de Atendimento à Mulher (NAM)

O atendimento abrangerá as áreas de direito penal, direito do trabalho, direito civil e direito de família, estabelecendo parceria com o Curso de Serviço Social e de Psicologia da Unigranrio. O Núcleo de Prática Jurídica da Unigranrio funciona em duas unidades, sendo um no campus Lapa (Rua da Lapa, 86, Centro, Rio de Janeiro. Telefone: 3219-4116) e outro no campus Duque de Caxias (Rua Major Frazão, 181, 1º andar, bairro 25 de Agosto. Telefone: 2672-2900). Os agendamentos podem ser feitos por telefone, de segunda à sexta, de 9h às 18h).

Comentários