Unigranrio promove primeiro Hackathon universitário com objetivo de criar soluções para a saúde pública na Baixada

Nos dias 23 e 24/11, a Unigranrio promove seu primeiro  Hackathon universitário com alunos de todos os cursos dessa instituição, com apoio dos cursos de Tecnologia da Informação, através de maratona de 24 horas ininterruptas, em disputa sobre criação de soluções inovadoras entre 10 equipes (de até cinco universitários), de forma multidisciplinar. O tema proposto é “Soluções para a saúde pública na Baixada Fluminense”. Segundo o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense (Cisbaf/2018), a Baixada Fluminense tem uma população estimada em quatro milhões de habitantes, déficit de sete mil leitos hospitalares e apenas três grandes hospitais. Os projetos selecionados serão divulgados por meio do Facebook do evento e no site www.unigranrio.com.br.

Duas forças que se atraem por meio do Hackathon

Duas forças convergentes avançam na  direção  da evolução científica: a de novos pesquisadores e outra que é vitoriosa no mesmo campo de atuação. Para ampliar esta ideia defendida por eventos como Hackathon é que apresentamos resultados obtidos por ex-alunos dos cursos de Tecnologia da Informação da Unigranrio, premiados em cenários diferentes do Rio de Janeiro. Eles confirmaram presença como mentores no atual Hackathon, em Duque de Caxias. Veja matéria publicada com mais informações sobre os egressos, incluindo vídeos e premiações.  https://bit.ly/2DrcZGx.

Desafios para estimular desenvolvimento de projetos inovadores na área da saúde

As tecnologias da informação tem se mostrado uma ferramenta de integração, provendo soluções inovadoras para problemas até então sem resposta. Neste Hackathon, a ordem é buscar soluções que possam auxiliar os diversos segmentos da sociedade no enfrentamento dessas questões. Segundo Daniel de Oliveira, coordenador dos cursos de Sistemas de Informação e TI dessa universidade, “será permitida a utilização de frameworks de desenvolvimento, simuladores, ambientes virtuais ou demais ferramentas de prototipagem, como facilitadores no processo de trabalho”. Não  será permitido aos participantes concorrer com soluções ou produtos que já estejam em fase avançada de desenvolvimento.

Maratona de 24 horas ininterruptas reúne mentes brilhantes e empreendedoras no campus Duque de Caxias

O Hackathon será iniciado no dia 23 deste mês, às 17h30, sendo finalizado às 20h do dia 24 de novembro. O público poderá conferir os projetos vencedores a partir de 18 horas. Durante a etapa presencial, os participantes devem levar seus próprios equipamentos e dispositivos para desenvolver e prototipar, a exemplo de laptops, tablets, smartphones, placas protoboards, breadboards, cabos, incluindo extensões e adaptadores. A Unigranrio fornecerá um espaço confortável para os participantes, incluindo mesas, cadeiras, energia elétrica, internet de qualidade e papel A3. Serão fornecidos também lanche e estacionamento aos competidores. A banca avaliadora será composta por convidados da região, ligados à inovação e com forte atuação no mercado tecnológico.

Comentários